Tianelle Jóias

31 de out de 2013

Niver


Quem soprou velinhas ontem foi minha amiga querida, Flavinha Badaró.
Parabéns, Flavoca!!!!!
Que Deus te abençoe!!!!!!!!









Mulheres, mulheres

Meus livros da semana:

Estou apaixonada por Helena Rubstein! Ela mesma, a fundadora da marca de cosmético que nossas avós e mães usavam. Judia, pobre, solteira, brava, decidida, baixinha, Saraiva, trabalhadora, Helena começou do zero seu império da beleza. Sem contar com absolutamente ninguém, a cracoviana contou apenas com sua determinação e garra. Eu ganhei o livro, A Mulher que Inventou a Beleza, de minha amiga Clíssia e não quero que ele acabe. Pode ser que eu mude de ideia a respeito de Madame Helena, já que ao longo de sua vida, ela também soube ser terrível. Mas por enquanto ela é Musa do Blog!

Maria Antonieta a gente sabe de cor a história. Stefan Zweig mostra um outro lado da rainha. Ainda não comecei mas me foi muito bem indicado.

Ai, ai... vontade de colocar meus dois avatares para passar o dia inteiro com essas duas mullheres!




Dior 999



Natalie Portman e seu inseparável batom  Dior  rouge 999. 




















Giammetti


Dizem que por trás de uma grande homem há sempre uma grande mulher. Ou outro homem. Dependendo da situação. É esse o caso de Giancarlo Giammetti, o homem por trás de Valentino. Da marca, do mito, do império e do próprio Valentino Garavani.







Giancarlo e Valentino estão juntos desde 1961. Uma vida inteira construindo com louvor, um dos maiores nomes da moda e do luxo do planeta. 







Foi Giancarlo, então um jovem estudante de arquitetura, quem ajudou Valentino no começo de sua carreira em Roma. Giancarlo acertou a parte financeira e conduziu com mão de ferro a marca, alcançando um sucesso pouco visto no mercado da moda, até 2008, quando a griife foi vendida.










Com tantas coisas para contar, Giancarlo está lançando um livro de memórias, com  fotografias, cartas, bilhetes e lembranças.  Um verdadeiro diário da sua vida. Não dá para não ter!









 Pode pedir na Canto do Livro que o Marcelo encomenda para você!



Uns entram, outros saem


E esse tal ´´armário´´ anda bem movimentado! Tem gente entrando, tem gente saindo. A atriz Maria Zilda Bethlem e a competente cenógrafa Ana Kalil, assumiram o casamento.

As duas estão juntas desde 2008.








30 de out de 2013

Domingo no parque

Quando eu era criança, meu pai ouvia uma música do Gilberto Gil que sempre me impressionava (eu sou uma pessoa mega impressionável!!!!!):  Domingo no Parque.
Ok, não é da época de vocês, mas a música é bem linda. Conta a história de dois amigos do peito:  José, que era alegre e extrovertido e trabalhava na feira, e  João, pedreiro e briguento. E de Juliana, que com certeza devia ser linda e fogosa e era a peguety dos dois.
Um dia os dois amigos foram passear no parque depois de uma semana de trabalho. E no parque também estava Juliana, de quem José gostava. Só que Juliana, a Fogosa, estava toda-toda se pegando com João. E aí o que aconteceu? Ora, José, louco de ciúmes deu uma facada certeira em Juliana e depois matou também o amigo João.
E aí? E aí que ´´amanhã não tem feira, ei José / não tem mais construção, ei João/ não tem mais brincadeira, ei José / não tem mais confusão, ei João.´´
Trágico não é mesmo?! Pois eu achava a coisa mais triste do mundo!  E tinha ódio da tal de  Juliana!!

Ah, sim, estou contando isso porque a música de Gil vai virar uma peça de teatro. E é, com certeza, uma das mais aguardadas estréias para 2014!




Delírios de Consumo de Kika Bloon



Pequenos, e importantes, luxos. 



































Tá explicado

Meu filho de 13 anos chegando em casa depois da aula:
- Mãe! Que saudade!
- Oi????

Na hora do almoço:
- Hum... esse almoço tá uma delicia!
- Sério?
- Hum, hum!
- Eu hein, mas você não gosta de carne de panela...
- Ah, mas esta tá especial!
- Sei, sei ....

Na hora de sair de casa:
- Deixa que eu te ajudo a descer com essas sacolas pesadas!
Aí foi demais!
- O que é que houve Dudú?!!!
Suspiros:
- Tá bom, tá bom... tirei 3 em 10 em matemática.







Tory



Tory Burch quer mesmo abraçar o mundo!
 Sua nova linha de itens para casa está até bem bonita. Além, é claro, de ter a famosa e coruscante logomarca da griffe









Procuraram saber

Nada como a liberdade de poder mudar de opinião! 
Os participantes do grupo Procure Saber divulgaram um vídeo onde se declaram a favor das biografias sem licença prévia! 

Que bom! Nossos ídolos ainda são os mesmos e não vivem como nossos pais. Ufa! 





É minha e ninguém tasca!

Não que eu seja egoísta, mas eu sou louca por um monograma! De preferência se forem KGB!























Sem porta


Em Vida, Vida, Vidaaaaaaaaaaaaaaaa as portas dos armários não tem fechadurra .
O que tem de gente entrando no armário e saindo  é uma coissa impressionante!




Para a casa


29 de out de 2013

Tesouro Escondido

Que tal deixar o bem e velho jeans no fundo do armário e, aproveitar que é primavera, e usar  todos os seus vestidos?



Como usar:

 Faça assim: comece pela direita do seu closet e use o primeiro.  Amanhã o segundo, e por aí vai. É claro que se o terceiro for longo, de veludo vermelho, lalá não vai usar nem sob tortura! Aí é só passar para o quarto e assim por diante. Ah, mas tem anos que você não usa aquele estampado, nem sabe se te serve... Experimenta, oras! Se não ficar bom, é hora de passá-lo adiante! 
Se você sempre usou aquele vestido longo roxo com sandálias altas, experimente usá-lo com uma rasteira. É um ótimo exercício de criatividade! Você vai ver como pode variar o guarda roupa sem gastar uma fortuna! Lalá tem tesouros incíveis guardados!!! É só descobrir!


















A lenda

Ganhar um Oscar faz do sujeito uma celebridade. Ganhar 2, é para poucos gênios. Ganhar 3, é um feito para 4 ou 5 grandes nomes do cinema. E quem tem na estante nada menos do que 8 Oscar????? Vira uma lenda.
E é isso que Edith Head se tornou em Hollywood: uma lenda.

Edith foi durante 40 anos uma das mais requisitadas, badaladas, bem pagas e famosas figurinistas da meca do cinema. Todos os grandes estúdios a queriam. E todos os grandes artistas queriam se vestir com ela.
As grandes bilheterias e os grandes clássicos da telona tem Edith nos créditos. Ladrão de Casaca, Sunset Boulevard, Os Passaros, Marnie, O Homem que Sabia Demais, Sansão e Dalila, Sabrina, A Princesa e o Plebeu e vários outros. 

























Edith era mulher, judia e sem recursos. Ou seja, em 1920 isso era quase como não ser nada. Corajosa, persistente e ambiciosa, Edith estudou Artes e foi trabalhar na Paramount, então um dos maiores estúdios de Hollywood. Logo seu talento foi notado e daí para criar o figurino de pequenos filmes, foi um passo. O sucesso veio logo e Edith ficou 40 anos na Paramount, ganhando prêmios, Oscars e trabalhando incansavelmente. 

Daí apareceu outra lenda do cinema, Alfred Hitchcock que, encantado pelo trabalho da pequena judia, arrastou Edith para a Universal, onde ela trabalhou até morrer,  aos 84 anos. 


Se tivesse viva, Edith completaria hoje 115 anos. Edith tinha classe, cultura e bom gosto. Sabia o que os diretores queriam e o que os atores conseguiam carregar. Como bem disse meu amigo Geraldo Magela ´´depois da elegância de Edith, Hollywood nunca mais foi a mesma.´´










Tantas emoções


No Jornal Nacional de hoje, Willian Bonner anunciou todo solene que o Rei Roberto Carlos daria uma entrevista exclusiva sobre sua posição a respeito da Lei das Biografias.
Esperei pacientemente chegar a tal hora, mesmo louca para me grudar no Ipad e assistir a MadMen!
E lá vem o Rei! Todo de azul, com Renata Vasconcellos chiquérrima a postos. E sabem o que o Rei falou?
Nada. Isso mesmo, RC falou 5 ou 6 palavras e não disse nada! Renata até tentou, com perguntas objetivas. E RC sorriu e ... nada! Assim não dá, cara!




Mais respeito!

O sempre calmo  e ponderado Dom Orani Tempesta, ligou para a Globo e, com muita discrição, deixou sua insatisfação com um quadro de Fantástico ( tem alguém que ainda assiste ao Fantástico???), em que o ator Bruno Mazzeo faz chacota com a Santa Ceia. Dom Orani recebeu milhares de reclamações e se manifestou em nome de todos os que se sentiram ofendidos.

 Depois, a cúpula Global não entende o que está acontecendo com seu programa dominical.... 
... tá acontecendo que o programa é muito ruim mesmo!







A melhor explicação sobre o tom exato do ´´azul cerúleo´´

Miranda Priestly e a importância do azul cerúleo. Meryl Streep merecia o Oscar por esta cena!
Clique no play!









Cerúleo


Azul cerúleo é, dos tons de azul, o que mais perto chega da cor do sol nas tardes de  primavera.






















Get the Cerúleo look!
























Edith!



As polêmicas fotos de Bárbara Paz para o catálogo de verão da Sara Jóias ainda estão dando o que falar.
Edith faz pose simulando uma participação nos confrontos durante as manifestações, incluindo até ser presa (e muito bem presa!) por um policial.
É claro que a campanha foi mega criticada. Chegou ao ponto ser matéria de 1 página na Veja!
Sou louca pelas jóias de Sara mas também achei as fotos de um mal gosto atroz. Não pelo fato de simularem uma agressão, ou algo do gênero, nada disso! É porque achei feias mesmo! Não tem nada a ver com o luxo e sofisticação  da Sara.