Cineart BH

24 de mai de 2018

Get the Look


Philip Roth


Philip Roth era um habituè do nosso Clube do Livro. Lemos dele Pastoral Americana e Patrimônio.
Suas obras não são leituras fáceis, talvez por isso ele seja tão bom. A pergunta que eu me fazia quando terminava seus livros era: ´´que mundo raso é esse em que eu vivo?´´. Philip me tirava do conforto, me fazia pensar, embaralhava a minha cabeça.  Então era preciso outro livro seu  para que eu pudesse aprender mais sobre o homem e o mundo que o cerca.
Roth morreu ontem aos 85 anos. O Nobel perdeu a oportunidade de premiar um dos maiores nomes da literatura de todos os tempos.




23 de mai de 2018

A eleita


Lady Kitty Spencer roubou a cena no casamento real.
A sobrinha de Lady Di, prima de Harry, foi eleita pelos europeus como a mais bela do dia.
Kitty escolheu um vestido  Dolce & Gabbana, jóias Bvlgari e facinator de Phillip Tracey.





















Cartier Californienne

Cartier Tank  Flamingo Gilt Sunset.




60´s


Yves Saint Laurent e sua Loulou Boot.

Os 60´s  estão de volta. E em grande estilo.














Crusoé


Como boa liberal que sou acredito firmemente que não existe um país soberano sem uma imprensa livre.
E, ao contrário do que pensam os mal informados, imprensa livre não quer dizer uma imprensa sem publicidade. É exatamente o oposto. Só existe imprensa livre se houver muita publicidade, porque só assim uma revista, jornal ou site, pode efetivamente ser independente.
Os Quatro Cavalheiros do Apocalipse, depois de sacudirem o país com o Antagonista, lançaram este mês a revista digital Crusoé, que já chega em grande estilo, com uma entrevista com o Homem do Ano, Sérgio Moro. 
Para assinar a revista e manter um jornalismo de qualidade, assine a Crusoé. Atenção: jornalismo de qualidade não quer dizer um jornalismo de esquerda, de direita ou de centro. Quer dizer um jornalismo independente, livre e sério.

Para assinar, clique aqui:













Não é mera coincidência

Charlize Theron será a estrela de um filme que promete sacudir Hollywood.
O longa, produzido por Denver & Dellilah e dirigido por Jay Roach, contará a história de 
um poderoso executivo da industria cinematográfica acusado de assédio sexual.
Qualquer semelhança com fatos reais não é mera coincidência.




22 de mai de 2018

4 dias

E o Happy Mothers Day terminou. 
Foram 4 dias gostosos na Confiserie by Cynthia Géo.































Convite!




Silvana é minha tia querida e seu livro é um presente para as crianças!
Vai ter pipoca, algodão doce, brincadeiras, estórias e muito mais.
Uma manhã deliciosa para toda a família!
Espero vocês lá!



21 de mai de 2018

Megan & Harry


Ah, gente... foi ou não foi um conto de fadas?

Megan não estava linda???? E a felicidade genuína dos dois???
Tudo estava perfeito. O vestido, a tiara, a maquiagem, o cabelo despenteado, as flores, o lugar, o céu de brigadeiro, a emoção real, o amor, a família imperfeita da noiva, a rainha de verde limão, Charles levando a noiva ao altar, a mãe da noiva emocionada, Diana homenageada nos pequenos detalhes, George de pajem,  o povo nas ruas, a mistura de credo, raça, cor. 
Porque esse é o mundo! E quem pensa o contrário vai ter que arranjar outro planeta para viver.

Harry & Megan forever.



O homem



Edris Elba. Vamos combinar que Idris é uma coisa! De terno, então, é de tirar o fôlego!
O ator inglês é amigo pessoal de Charles e Camilla, e frequenta o Palácio de Buckingham não é de hoje. Elba escolheu um terno Dior para a cerimônia e um tuxedo sob medida para a noite. Não teve pra ninguém! Tirando Harry, o homem do dia foi Idris Elba!








Não foi o dia dela

Oprah Winfrey! Oprah é tudo de bom, mas no sábado tudo deu errado. O vestido não deu certo, deixou a apresentadora mais cheinha, a cor não valorizou o tom da pele, o chapéu estava um horror, o sapato ficava saindo do pé, a bolsa em formato de bola era de matar e até o óculos escuro ficou feio.
Não foi o dia dela.





A mais bela

 Amal Clooney. Chiquérrima, madame Clooney escolheu um amarelo ovo elegante e colorido. Usou o cabelo natural, seu indefectível batom vermelho, jóias discretas, sapato correto e ....










.... o mais belo acessório do dia: George!!!!!!!!!!!!!!!!!



18 de mai de 2018

A Barbie do PT




Giorgina

O estilo super feminino, sofisticado e quase barroco de Giorgina Chapman, a dona da marca Marchesa e ex-mulher de Harvey Weintein.

Eu adoro!













































Saindo do forno

´´Tudo o que eu sempre quis dizer´´, o novo livro de Maria Ribeiro, saiu do forno.
O lançamento, na livraria Argumento foi badalado. Maria estava bem feliz ao lado do novo namorado, Fábio Assunção.



A nova princesa do povo


Tá quase!




Tira o olho do que é meu!

Marcelo Carvalho e Luciana Gimenez garantiram que o divórcio será amigável e que continuam bons amigos.
Só que Simone Abdelnur, a atual namorada de Carvalho, já anda circulando pelos corredores da Rede TV, e la Gimenez não está gostando nada disso,
Por enquanto o emprego da mãe de Lucas Jagger está de pé, seu contrato acaba de ser renovado.
A amizade das duas, como se vê na foto, é coisa do passado.



15 de mai de 2018

O Último dos Moicanos

Na lista dos meus filmes favoritos O Último dos Moicanos está entre os 15 melhores! Sete Homens e Um Destino de 1960, também!

Na verdade adoro um faroeste! Sou do tempo de Rin-Tin-Tin e Bonanza e meus primos brincavam de Forte Apache, com aqueles soldadinhos de plástico versus indios de plásticos que nunca ficavam de pé! Sou velha, né gente!
O Último dos Moicanos está na minha lista muito mais por Daniel Day-Lewis (se é que vocês me entendem, meninas! A cena de Hawkeye correndo pelas florestas é icônica!),  pela trilha sonora e pela fotografia, do que pela história em si.












Baseado no livro The Last Of Mohicans, um clássico americano adotado nas escolas do Tio Sam, a história faz parte da cultura norte americana.
O filme, uma adaptação perfeita do livro, conta a saga dos índios Moicanos que lutam com unhas e dentes (literalmente) para defenderem suas terras e sua gente da briga ferrenha entre ingleses e franceses.
E entre uma flechada e outra, a história narra a maravilhosa história de amor entre Cora Munro e Hawkeye, vividos por Madeleine Stowe e Day-Lewis.
Filmado na Carolina do Norte, o longa demorou 12 meses para ficar pronto. Para viver Hawkeye, o perfeccionista Daniel Day-Lewis se mudou para uma cabana no meio da floresta, sozinho, sem telefone ou eletricidade. Pescou, caçou e se vestiu tal e qual um índio moicano. Claro que sua interpretação foi brilhante e claro que concorreu ao Oscar.
Madeleine Stowe, linda, como Cora, vive um dos seus melhores papeis no cinema.
E claro também que ela teve uma paixonite pelo colega de elenco ( a gente super te entende, Madeleine!), e que, claro também,  não foi correspondida.














A fotografia do filme é deslumbrante e também concorreu ao Oscar.
Mas o ponto forte de Moicanos é mesmo a sua trilha sonora. Baseada num concerto do inglês Douge Mclean, foi ovacionada e levou para casa todos os prêmios aos quais concorreu: Oscar, Bafta e Globo de Ouro, e é considerada pela Billboard uma das 20 trilhas sonoras mais importantes da industria do entretenimento.

´´When the blood in yor veins returns to the sea,

and the earth in your bones returns to the ground,
perhaps then you will remember that this land does not belong to you, it is you who belong to this land.´´


 Clique no play para ouvir. Espere um pouco, porque ela é longo e deslumbrante.
Pessoalmente acho que é uma das mais belas trilhas sonoras do cinema. Tenho ela salva no meu Spotfy e ouço quase todo dia. E é um dos poucos CD´s que ainda tenho guardado...