Venica

23 de jul de 2016

Aconchegante


O bom não  precisa ser caro.




Minas

´´Vai diminuindo a cidade
Vai aumentando a simpatia
Quanto menor a casinha
Mais sincero o bom dia

Mais mole a cama em que durmo
Mais duro o chão que eu piso
Tem água limpa na pia
Tem dente a mais no sorriso

Café tá quente no fogo
Barriga não tá vazia
Quanto mais simplicidade
Melhor o nascer do dia.´´
Pato Fu





P.S. essas fotos são da fazenda do meu marido em Barbacena, onde passei o fim de semana. A sensação é exatamente essa aí de cima.






22 de jul de 2016

Get the look

Ainda estou no meu momento country!
Não deixem de visitar a Exposição Nacional do Cavalo Mangalarga Marchador!

O Brasil é um país rural, com um mundo fascinante e próspero!


P.S. te dedico, Cristiana Gutierrez!

A Dama, Kika e Tracy


Para mim, Tracy Chevalier é uma das grandes escritoras da atualidade. Ela não é do tipo Donna Tart, de O Pintassilgo,  que irá ganhar um Pulitzer. Donna é brilhante. Tracy é sofisticada e sonhadora. Enquanto Donna escreve livros longos, Tracy escreve novelas curtas. Donna nos faz pensar. Tracy nos faz sonhar. 










Seus livros são finos e maravilhosos. Suas histórias, sempre passadas no século XVI e XVII, tem sempre um fundo histórico bem pesquisado. Tracy embora seja americana, tem uma profunda ligação com a França e a Inglaterra da época medieval. Ela é uma historiador daquele período e uma romântica de mão cheia. 
Moça com Brinco de Pérolas, seu segundo livro, virou filme com Scarlet Johansson e concorreu a todos os grandes prêmios do cinema. 
Seu último romance já está na minha mesa de cabeceira. Ainda não comecei porque tem uma pilha antes dele, mas já estou me coçando para chegar a sua vez.
A Última Fugitiva é passado nos Estados Unidos, em 1850 e conta a saga da jovem inglesa Honor Brigth, que tendo saído da efervescente Inglaterra vitoriana, se depara com a rústica e atrasada Ohio. Acho que vou adorar!












A Dama e eu

Em a Dama e o Unicórnio -  para mim,  seu melhor livro -,  Tracy destrincha e história por detrás da tapeçaria do mesmo nome, um tesouro da arte medieval, que está hoje no Museu Cluny em Paris. Sou meio obcecada por essa tapeçaria porque minha mãe tem um quebra-cabeça enooooooorme dela na fazenda e quando eu era pequena ficava horas e horas montando-o e, com minha cabeça que tem asas infinitas, ficava imaginando quem poderia ser a dama, o que teria naquela tenda, que jardim era aquele, porque ela escolheu aquele vestido, se a menina era filha dela ... e criava cada história de deixar Tracy no chinelo!!!

Quando assisti ao filme de Harry Potter, a primeira coisa que localizei na Casa Comunal da Grifinória foi a tapeçaria A Dama e o Unicórnio! Gostei na hora do bruxinho!!!














Jennifer

Depois do desabafo sobre a barriga que não era gravidez, Jennifer Aniston desembarcou cheia de estilo em Los Angeles.
Viva Jenn!




21 de jul de 2016

O chamado

Fico aqui pensando se este Estado Islâmico não é meio burro...
Sim, porque até hoje eles não perceberam que o Brasil é um prato cheio para o terrorismo.
Os malucos do EI recrutam jovens perdidos. Jovens sem esperança, sem perspectiva, sem norte.
No Brasil, o que mais temos são esses jovens. Criados sem uma base familiar, sem Deus (não necessariamente o católico), sem um pai (pai mesmo, biológico), sem um Estado forte. Jovens que convivem diariamente com a violência doméstica e policial. Jovens que não podem trabalhar antes dos 16 anos (essa lei para mim é um absurdo!), que ficam vagando pelas ruelas, pelos centros, pelo submundo. Jovens que tentam colocar a cabeça para fora do limbo e raramente conseguem sair dele. Jovens que não leram, não foram ao teatro, não vão a uma igreja. Jovens que não tem um herói de verdade. Jovens para quem os traficantes e bandidos são os ´´pais´´, ´´Deus´´ e o ´´Estado´´.
Jovens que aprendem desde cedo que tem que ter ´´carrão´´, ´´mulherão´´, ´´corrente de ouro´´ e Land Rover. Que cantam aos berros ´´tem que matá, tem que morrer, tem que cheirar, tem que ter´´.
 Jovens que veêm a roubalheira ser elogiada, que dar um jeitinho é legal; Jovens que vivem num país  onde a polícia mata, o Estado rouba, o pai vai embora, a mãe apanha e as avós são as que trabalham para manter a casa. Jovens que batem nos professores, que andam armados, que estudam em escolas caindo aos pedaços. Jovens que vêem todos os dias na TV que o dinheiro que seria da escola, do hospital, do ônibus, está no bolso de uma corja de políticos e empresários.
Jovens que vivem à margem da sociedade, mas que estão bem do nosso lado, embora finjamos  todos os dias que eles não existem.
Jovens que estão só esperando este chamado insano do Estado Islâmico.
E quando isso acontecer, não vai ter jeito da gente fingir que eles não existem.

Get the look


Ralph Lauren country chic.


P.S. hoje é dia de Exposição Nacional do Cavalo Manga Larga Marchador. Por isso estou assim, meio country.





Grandes encontros


Sofia Loren e seu marido Carlo Ponti.
Sofia e Carlo se casaram em 1966 e assim ficaram até a morte dele em 2007. Os dois tem 2 filhos.

Carlo e Sofia se conheceram quando ela tinha 16 anos e ele 37. O italiano gentil e inteligente, conquistou o coração da bela e foi seu empresário por toda a vida. 
Casamentos também são Grandes Encontros.



Subindo a rua

 Meu escritório fica 6 quarteirões da minha casa no Sion.  Minhas irmãs moram a duas quadras de mim, minhas amigas moram quase todas lá perto e a escola dos meus filhos também é no Sion. Faço Yoga, supermercado, sacolão, salão, compras, banco,caminhada ... tudo no meu bairro. Tem também a minha livraria, o Cineart, o açougue, a avenida Bandeirantes, o Parque das Mangabeiras e o Minas. Tudo pertinho de mim.
Hoje eu fui trabalhar à pé e passei no sacolão, banco e farmácia. Quando fui atravessar a rua, uma senhora muito elegante, de roupa de ginástica me alertou para não atravessar fora da faixa e me contou de vários atropelamentos no local. Agradeci e fomos subindo a Avenida Uruguai juntas, conversando. Ela me contou que mora no bairro há muitos anos, que anda todos os dias por ali.  No caminho, ela ia cumprimentando os porteiros dos prédios, o lavador de carro e os motoristas do ponto de taxi. Conversa vai, conversa vem, fomos  subindo a rua juntas. Ela me contou que fazia yoga, ´´que coincidencia,´´ digo, ´´eu também faço´´! E que adora tomar café na Doces de Portugal. ´´Tá brincando! Meus doces favoritos são os de lá! Amo!!!´´. E assim fomos andando pela avenida até o meu escritório. Ela é inteligente, simpática e conversada, cheia de energia. É viúva, faz caminhada, adora ler e é voluntária na Santa Casa. Já tenho mais uma amiga!!!
Não é simplesmente maravilhoso????? Isso sim é um privilégio, poder conversar com pessoas interessantes no meio da rua!
O mundo digital e moderno, nos afasta das pessoas reais. Estamos sempre com medo, conectados, digitalizados, tirando selfies, postando, olhando o que os outros fazem, correndo dentro de carros com vidros negros. Que vida é essa???!!!
Quero conversar com os vizinhos, passear na rua, conversar com estranhos, subir a rua à pé. Quero conversar com senhoras vigorosas e inteligentes, que tem histórias para contar. Quero cumprimentar motorista de taxi, como ela fez, conversar com os porteiros e subir a minha rua sem sentir medo. Quero tomar um café na Doces de Portugal e bater papo com quem estiver na mesa ao lado. Quero ter uma vida normal e calorosa. Simples assim.

P.S. fiz até um mapa para vocês entenderem a minha história! Hoje estou animada, não?!!!!








Dança das cadeiras

Dança das cadeiras no mundo das grandes maisons:
Maria Grazia deixa Valentino e já está sentada na cadeira de diretora da Dior.








Peter e Oscar de la Renta:

E Peter Copping, o diretor criativo de Oscar de la Renta, anunciou ontem que deixa o posto.
Peter, que estava no comando do estilo de Oscar de la Renta há dois anos, deixa a Oscar  mais jovem, mais vendável, mais fresca e atual. Ele conseguiu o feito de unir com maestria a tradição do nome De la Renta ao frescor dos novos tempos. 
Copping desenhava para mulheres modernas, independentes, mas que ao mesmo tempo não querem abrir  mão da qualidade,  nem querem deixar de usar peças clássicas, que são atemporais e elegantes. Amal Clooney  é uma delas. Fã de Peter Copping, Amal usa de la Renta durante o dia e à noite, nos red carpet.
Peter vai fazer falta.




Franjinha
























Fim


Nem tudo é glamour no mundo das blogueiras (eu é que sei!).

Lalá Rudge anunciou a separação de Luigi Cardoso com quem estava casada há quatro anos.




20 de jul de 2016

Boa companhia


As fotografias do artista Daniel Mansur estão muito bem acompanhadas dos móveis assinados da Micheliny
Martins.




























Mini Me



Futura leitora do blog e sua mamãe.


Casa com bossa


Equilíbrio nas boas escolhas.





Onde encontrar:
- Poltrona: Micheliny Martins: Rua São João do Paraíso, 143. Sion.

Over


Muito é mais.




Amanhã


Será amanhã o aguardado depoimento de Mônica Moura e João Santana, os poderosos marqueteiros de Dilma, Lula e a ORCRIM. 
A dupla, que é investigada por lalar milhões em propina, vai ficar cara-a-cara com Sérgio Moro.

Tá rindo de quê, dona Mônica??!!!!


Robert. Forever.



Robert Redford em 1983.




The Fullerton Bay Hotel

Um projeto bem feito não tem muito a ver com eu gosto ou não gosto.

Tem a ver com o que o cliente espera do projeto e com a finalidade do mesmo.
O The Fullerton Bay Hotel em Cingapura é um caso clássico de um bom projeto de gosto exagerado, mas perfeito para o qual se destina.
Luxuoso, glamouroso, grandioso, requintado.
 Para ver tudo, clique aqui e corra para o Kika Gontijo Home.




70´S !

Valentino 2016/17





Tudo errado

Sem WhatsApp de novo.
Me desculpem mas concordo Ipsis Literis com a juíza Daniela Barbosa  em seu despacho que pediu o bloqueio.
Segundo ela, a polícia investiga uma quadrilha em Duque de Caxias. A investigação, que é sigilosa, pediu ao Facebook, que é dono do ZapZap que interceptasse as conversas. O Facebook não só não o fez, como respondeu em inglês que não tinha mecanismos para para fazê-lo. 
A juíza escreveu que ´´eles se colocam acima das leis do Brasil. Se eles oferecem o serviço, lucram com isso e querem ficar às margens das nossas leis?´´ 
Porque o WhatsApp não libera logo essa conversa? Ok, o ZapZap é um mecanismo praticamente básico de comunicação no nosso país, mas realmente não pode achar que por isso, pode fazer o que bem entende. Há uma investigação séria e longa que solicitou há meses ao WhatsApp que providenciasse a gravação da conversas dos investigados. O que ele tem que fazer, como qualquer empresa sediada  no Brasil é cumprir a lei. Já pensou se todo mundo fizesse isso? Tipo, você entrou com ação na justiça, ganhou, mas a empresa se recusou a cumprir porque não quer? É isso o que acontece conosco! Somos seletivos. Se nos interessa, não importa se está certo ou errado.

Quem sai prejudicado com esse bloqueio somos nós, os usuários, mas não porque a juíza está errada, mas porque o WhatsApp está errado. 




P.S. Daniela Barbosa, a juíza que bloqueou o WhatsApp é uma juíza séria, considerada linha dura. Há tempos atrás foi transferida porque denunciou  que a chefe de um cartório recebia propina para agilizar processos. Ela também foi a responsável pela cassação do prefeito de Teresópolis que tinha mais de 20 anotações em sua ficha corrida. Em 2015, Daniela bateu de frente com a Polícia Militar porque botou na linha policias acusados de fazerem churrasco e receberem visitas íntimas durante o horário de trabalho.
 Foi ela inclusive que enquadrou o filho de Eike Batista, Thor, quando ele, que dirigia em altíssima velocidade, atropelou e matou um homem no Rio.
Este ano, a juíza - apelidada pelos seus companheiros de Kate Mahoney -  recebeu o prêmio Gente Que Faz A Diferença do jornal O Globo.

 Daniela não quer saber se é WhatsApp, Eike, prefeito ou polícia, se é poderoso ou não. Errou, ela enquadra.






19 de jul de 2016

A Grande Diferença


Melania Trump, Michelle Obama e a polêmica do mesmo discurso estão no olho do furacão.
A bela esposa de Trump fez com louvor o dever de casa e decorou direitinho o discurso preparado pela campanha do marido.
Melania disse as mesmíssimas palavras que Michelle disse em 2008. Copiar discursos não é um problema tão grande, afinal eles são na sua maioria feitos por especialistas.
A polêmica está quando se assiste ao vídeo das das duas: Melania parece um robô (um belo robô, diga-se de passagem), nota-se que a fala foi decorada e que ela não acredita muito no que diz. Já o de Michele é firme, enfático e sincero. A diferença é tão grande, que incomoda. Melania é a cara do marido.
Michele é a cara dela própria e de seus valores.


Para ver a Grande Diferença, clique no video que está na barra lateral do blog!



Oscar

Oscar de la Renta  16/17







Gata de botas


Adoro botas! Gosto de quase todos os modelos, com exceção das de cano baixo.
Para as baixinhas, o modelo ideal são as de cano muito longo, que alongam e emagrecem.
Elas ficam perfeitas com vestidos ou saias longas.

São femininas, estilosas, sexy  e dão um ar bohemian-chic às produções.


P.S. ando apaixonada por uma preta over knee que acabei de adquirir. Uso-a um dia sim e o outro também.




































































Espaço Casa



A Espaço Casa recebeu os decoradores e clientes para uma tarde deliciosa na última quinta-feira.
O novo showroon com peças garimpadas com cuidado e bom gosto está maravilhoso.
Muito móvel diferente, adornos de prata, almofadas, cerâmicas, rattam e os clássicos muranos.


















































Além dos móveis, a  Villa montou um corner na loja com jóias e bijoux finas. As mulheres não sabiam para qual lado olhar!!!
Tarde deliciosa e de encher os olhos!