AbatjourdeArte

5 de abr de 2017

Disney para adultos


Vocês conhecem o Hallmark Channel?
Pois então eu vou apresentar-lhes: o Hallmark Channel é uma espécie de NetFlix Disney para adultos!
O Hallmark (isso mesmo, daquela papelaria de 1900 e Bolinha que deixava as meninas loucas!!!), produz, financia, distribuiu e exibe  conteúdo para a típica família americana.
Nada de sexo, violência, drogas ou rock´n roll!

A Hallmark Channel é da Universal Studio e juntas, elas produzem basicamente filmes épicos ou biográficos de heróis americanos ou séries água com açucar.
As histórias Hallmark são quase sempre passadas em pequenas e pacatas cidades do interior, com suas ruas impecáveis e arborizadas. As casas dos personagens são sempre em estilo neo-clássico com suas colunas brancas e topiarias perfeitas. 
Nas séries Hallmark não existe a vilã cruel. Existe e mocinha e o mocinho e vários desencontros familiares singelos que os impedem de ficar juntos até o último capítulo.
Os atores são sofríveis, com poucas exceções, como no caso de The Good Witch,  que tem a jovem Grace Nightingale e a divertida prefeita Martha.
Os roteiros são tãooooooooo água com açucar que dá vontade de rir. Mas a Hallmark não economiza nos cenários e nos figurinos, por exemplo.
The Good Witch foi toda filmada no Canadá, por que os produtores queriam que num capítulo tivesse neve e em outro sol, e que as ruas da Main Street fossem largas e cheias de lojas charmosas.

Já em Chesapeake Shore, que é passada numa pequena cidade costeira pertinho de Baltimore, a Hallmark praticamente construiu uma cidade cenográfica para ser a fictícia Chesapeake.

A  NetFlix está exibindo algumas séries da Hallmark Channel.
Já assisti às  duas (como não vejo mais novela, virei a rainha das séries!!!).
Mas atenção: leiam com cuidado o início do post! São séries românticas, água com açucar, e sempre, sempre, sempre, com final previsível (alô fãs de Sura & Kurt Seyid!!!!! Olha aí uma boa oportunidade para finalmente um final feliz!!!!)!



The Good Witch:

O competente médico Sam Radford, resolve se mudar de NY com o filho adolescente para a pequena cidade de Midleton, onde ele acredita que pode passar mais tempo com o jovem.
Sua vizinha é a jovem viúva Cassie Nightingale, que mora na mansão Grey House, com a filha e dois enteados. Cassie é a moradora mais famosa da cidade por seu poder sensitivo. Ela pressente quando alguém vai precisar de ajuda ou de conforto e em sua loja Books & Candles, ela oferece chás e livros como remédios para os problemas do coração.
 Clarooooooooo que o prático Dr Radford vai ficar encantado pela nova vizinha, mas muitos empecilhos vão impedir o desenlace!!!






















Chesapeake Shore


Quando era uma jovem de 17 anos, Abby  O´brien vive a dor de ver a mãe abandonar a família e partir sem dar notícias. Como era a mais velha de 4 irmãos, Abby se sente responsável e faz o possível para tentar manter os irmãos unidos. Até que a avó vai morar com eles e ela finalmente se muda para NY onde se torna uma bem sucedida executiva. O tempo passa e Abby, já divorciada e com duas filhas pequenas, tem que voltar para sua cidade natal, onde o pai vive na mesma casa da família.
Abby então se encontra com seu amor do passado, o descolado Tyler, que mora na beira do mar, toca violão e tem um cachorro, ou seja, nada a ver com a vida agitada da empresária novaiorquina.
Só que Abby percebe que as filhas (e ela própria), estão mais felizes na pequena Chesapeake e decide se mudar para lá. Acontece que as feridas do abandono da mãe e os problemas familiares ainda pairam sobre a mansão dos tradicionais O´Brien.
Chesapeake Shore é mais dramático que The Good Witch, mas também é Hallmark, ou seja: vai ter sim, um final adocicado.

Depois de um dia cheio de trabalho  e do noticiário com tantas tragédias, maldades e vilanias, nada como ligar a TV e se mudar para Midleton ou Chesapeak Shore!!!











Nenhum comentário: