Marília Peres Cakes

29 de jun de 2013

África


''Aqui estou exatamente onde deveria estar''

Karen Blixen, quando chegou pela primeira vez em sua fazenda em Nairóbi, na África. 










African style



Os melhores livros sobre o incrível African Style!









Out of Africa



Inspirada no filme Entre Dois Amores, e com Keira Knightley usando os belos modelos de YSL e Ralph Lauren, o editorial da Vogue está um deslumbre!























Karen Blixen



Karen Blixen nasceu na Dinamarca, em uma família muito rica. Como na Europa, riqueza anda lado a lado com a cultura, Karen foi educada em boas escolas, frequentava museus, teatros e saraus. Aos 18 anos, já escrevia alguns contos. 
Seu pai tinha depressão crônica e sífilis ( que naquela época era uma doença cercada de preconceito), e suicidou-se quando ela tinha 2 anos. Sua mãe não deixou a tristeza tomar conta da casa. Lia livros, ensaiava peças teatrais, fazia grupo de leituras.

Aos 28 anos, Karen casou-se com um primo poderoso, o Barão Bror Von Dixen. Um homem rico, mas de temperamento difícil e caráter elástico. Em 1915, junto com o marido, Karen se mudou para o Quênia, então colônia britânica. O Barão investiu um bom dinheiro numa fazenda de café em Nairóbi e levou a mulher para tomar conta. Karen, para espanto da família, achou ótimo! O temperamento alegre e espirito aventureiro fez com que Karen dominasse o negócio. Comandava com mão de ferro a fazenda e os empregados. 









Enquanto a fazenda ia de vento em popa, o casamento ia de mal a pior. Von Dixem, mulherengo e beberrão, sumia por tempos, mantinha vários casos na colônia e era um péssimo companheiro. Contra tudo e contra todos, Karen decidiu se separar. Em 1921, isso era o equivalente a nem sei o quê! Um horror! Ela não quis nem saber. Pôs o Barão para fora de casa e assumiu sozinha a fazenda.

Jantava no clube de Nairóbi com saias de linho bege, junto com os outros homens, para total horror da sociedade. Participava de safaris, caçava, atirava. E a noite, no sossego do silêncio africano, ela escrevia.











Depois de 4 anos, finalmente, Karen conseguiu o divórico. Foi um escândalo! 
Entre a separação e o divórcio, ela conheceu o piloto inglês Denis Flinch-Hatton. Alto, louro, charmoso e rebelde, Karen se apaixonou pelo sujeito. Ainda legalmente casada, os dois foram viver juntos na fazenda. Viveram uma paixão cheia de altos e baixos, já Karen era dona de temperamento forte e Denis um homem que amava a liberdade. 

Em 1931, Denis morreu num acidente de avião. Meses depois, Karen perdeu a fazenda para a grande Depressão financeira que varreu o mundo. Sem Denis e sem a fazenda, Karen voltou a viver na Dinamarca onde descobriu que também tinha sífilis. Passou os anos seguintes escrevendo ferozmente. Lançou o romance A Fazenda Africana, que foi um estrondoso sucesso e onde ela narrava sua vida na África com o amante, e que deu origem ao belo filme Out of África.


Karen morreu aos 77 anos, na casa onde nasceu, e onde hoje funciona o museu Karen Blixen


Nos anos 20, Karen Blixen sofria com uma doença preconceituosa, teve a coragem de se separar de um marido que a traia, tocava uma fazenda no interior da África sozinha, escrevia livros, teve um amante, viveu um grande amor, perdeu a fortuna, voltou para casa. 
E nunca, nunca perdeu a esperança ou o sorriso.


Karen Blixen é mais do que musa do blog!



"Todos os sofrimentos podem ser suportados se conseguirmos convertê-los numa história, ou se contarmos uma história sobre eles!!!"
Karen Blixen





Entre Dois Amores




A história do amor de Karen e Denis no deserto africano está no belíssimo Entre Dois Amores.
O filme, baseado na história de Karen, foi um sucesso.
Meryl Streep, perfeita, divina e maravilhosa, como Karen e Robert ''Suspiros'' Redford como o piloto indomável, Denis . 










Na verdade, quem iria fazer o papel de Karen era ninguém menos do que Audrey Hepburn. Mas, Meryl surpreendeu com um teste e ficou com o papel.















O figurino, perfeito, teve a consultoria de Ralph Lauren e ganhou o Oscar. O cenário, é uma coisa! A fazenda de Karen é linda, com móveis originais da época e outros feitos sob medida. Para quem gosta, tem que assitir e ir ''pausando'' para apreciar os detalhes.
Com direção impecável de Sidney Polack, o filme abocanhou vários prêmios. Levou para casa 7 Oscars, 5 Globos de Ouro, 4 Baftas e 1 César, e entrou definitivamente  para o hall dos melhores filmes do mundo.








Bom programa

Bom Programa

Aproveite a quinta-feira, pós-passeata, para um cineminha com o marido!
A sala Vip do Cineart é a melhor opção! Um luxo! Super confortável, deliciosa, acústica perfeita! E ainda tem o exagero do garçom levar seu pedido até a sua cadeira. Melhor, impossível!
Na chegada ao Ponteio, passe na Canto do Livro e escolha um bom livro para o fim de semana. Se tiver na dúvida, pergunte ao Marcelo, meu livreiro favorito. Ele sabe tudo! 
Eu escolhi a ''bíblia'' do  Ralph Lauren. São 500 páginas sobre a vida, a moda, a casa e o estilo de um dos maiores ícones da moda. Simplesmente imperdível! E comprei também Inferno, de Dan Brown, porque Dan é Dan e estou louca de curiosidade para ler!





Chegou a hora do cinema. Escolha um bom filme, no meu caso, fui assistir de novo O Grande Gatsby! Era o que tinha neste horário, então, vamos lá! ''Kika, mas você não assistiu a esse filme?'', pergunta o marido, já querendo ficar em casa, ''Assisti, mas sabe que nem me lembro!"
Depois, como ninguém é de ferro, um jantarzinho a dois, com um bom vinho! 
E se tiver mais passeata na sexta-feira, você nem vai ligar!








28 de jun de 2013

Ensinamentos de Francisco



Os ventos da mudança também sopram sobre Roma.
O Papa Francisco vem fazendo modificações no cotidiano do Vaticano. São mudanças simples, porém extremamente significativas. Como Jesus, que ensinava através de parábolas, Francisco ensina com gestos. Queira Deus que nossas Igrejas e fiéis aprendam.


Algumas das mudanças de Francisco:
- Mudou o trono dourado de São Pedro, por um de madeira.
- Não aceitou a capa vermelha com bordados de ouro.
- Nada de sapatos vermelhos. Ele usa os mesmos sapatos pretos gastos e usados.
- Usa uma cruz singela de metal prateada, nada de ouro, diamantes ou rubis.
- O anel de Francisco é de prata e não de ouro como seus antecessores.
- Usa calça preta e batina simples sob as vestes, para lembrar que ´´continua um padre´´.
- Removeu o tapete vermelho que ficava no trono. Red Carpet é ´´para celebridades´´.

O papa deve ter se inspirado nos ensinamentos de outro Francisco, o de Assis:

´´ Comece fazendo o que é possível, depois o que é necessário e de repente, estarás fazendo o impossível´´





Em casa!

Flávia Barbosa está rindo a toa! Seu filhote, Carlos Elísio, depois de passar um ano fora, está de volta!
Bem vindo, Cacá!





Lanvin

Lanvin leather tote.

Bem sem- graça, não?!

Pessoalmente as bolsas de Lanvin não são, nem de longe, as minhas favoritas.










Saudosa


Meninas!!! Estou morta de saudades de vocês!!!!!!!

´´A amizade é um conforto indescritível de sentirmos seguros com alguém, sem precisar medir o que se fala, pesar o que se pensa ou não gostar do que se ouve.´´
Eliot







Assim não dá!

Enquanto o povo vai para as ruas pedindo, entre tantas outras coisas, transparência no governo, os gastos feitos com o cartão corporativo (ou seja, gastos feitos com o dinheiro dos impostos), de madame Rosemary Noronha, foram considerados sigilosos ( oi????) e só serão conhecidos daqui a cinco anos.
É mole?!
Para quem não se lembra,  Rosemary Noronha é a pedra no sapato de dona Marisa Letícia.






27 de jun de 2013

Wish


Guiseppe Zanotti body necklace.

No topo da Wish List de 9 entre 10 lalás descoladas.












Hospitais e a Copa

Quando Ronaldo Fenônemo soltou a frase (dita num momento infeliz) ''Copa se faz com estádio e não com hospitais'', ele estava coberto de razão. Uma Copa, aliás, só se faz com estádios. Mas um país não. Um país se faz com estádios, hospitais, escolas, saúde, transporte, arte, cultura, livros, estradas, teatros, justiça, etc, etc, etc.
O problema do Brasil não foram os estádios, mas a forma como foram feitos. Sem transparência, sem seriedade, em total desrespeito ao cidadão que paga seus impostos. Uma total amoralidade. Uma vergonha nacional.

Pode não parecer, mas somos um país rico. Se tivéssemos escolhido melhor nossos representantes em Brasília, poderíamos, sim, ter construído bons estádios, assim como deveríamos ter construído primeiro, boas estradas, bons hospitais, boas escolas, bons teatros.

Ronaldo estava certo. Ele só esqueceu de acrescentar que para termos estádios precisamos do povo para torcer. E para termos um povo com vontade de torcer, precisamos, sim de hospitais.







Luau de Henriqueta




A festa em comemoração ao aniversário de Henriqueta Mares Guia foi em grande estilo, com a lua cheia abençoando.











Uma enorme tenda foi armada nas areias de Arraial D'Ajuda para receber a lua cheia e os convidados.









Como nos mares do Caribe, os felizes convidados eram recebidos com um sorriso, colares, batidas maravilhosas e Ula-Ula!


Ao som de Sting e sua banda e muitos sucessos dos anos 70 e 80, todo mundo se acabou na pista de dança.


















As mulheres estavam lindas, claro! Bronzeadas, coloridas, enfeitadas. 
As irmãs Mares Guia ( Cristiana, Lulú, Tati, Jú, Bibi e Lú nora) são alegres e animadas e não deixam ninguém ficar parado! 
































O buffet, simplesmente divino, as bebidas deliciosas, a decoração perfeita! Até os pratos eram em formato de sandálias Havaianas! E cada um de um modelo! Uma coisa!






















































Desde que decidiu passar uma boa parte do ano em sua casa de Ajuda, Henriqueta se transformou numa quase-baiana! Alegre, tranquila, queimada de sol, cheia de vida.

 Com a  família reunida, os amigos queridos, e muita alegria,  Henriqueta comemorou mais uma ano de uma boa vida.  Ela merece.  E a Bahia, claro,  agradece!













Caroline



Aos 56 anos, sem nenhuma plástica (ela tem pavor!!!!!), chiquérrima, Caroline de Mônaco foi a madrinha de uma exposição de arte em Madri.

Linda, a princesa de Mônaco usou um vestido curto que deixava suas belas pernas à mostra.





Arraial


Ah, a Bahia...

Uma turma animada partiu  para 5 dias de doce far niente em Ajuda, para comemorar o aniversário de Henriqueta Mares Guia.
Muito sol, gargalhadas, música, caipiríssimas geladas, risos e falatórios sem fim!























Fila na porta

Várias marcas bem que tentaram, mas foi a H&M quem levou Isabel Marant para suas araras!
O estilo francês, descolado e chic de Marant em breve nas lojas da gigante de fast fashion.
Coisa de deixar lalás fazendo fila na porta!







26 de jun de 2013

Conforto


Chloé leather Sneakers.




Dona Lucinha

Hoje pela manhã fui buscar a tradicional feijoada de dia de jogo, para o almoço na minha casa.
Estava aguardando a encomenda, quando comecei a ler um livreto sobre a vida de Dona Lucinha, a dona do restaurante que leva o seu nome e que é sinônimo de comida mineira em todo o Brasil e no mundo.
Dona Lucinha nasceu no Serro, interior de Minas. Teve 11 filhos (11, queridos, numa época onde não existia fralda descartável, leite Nan nem Babá-Eletrônica), e mesmo com essa prole, nunca ficou parada.
Foi professora, catequista, salgadeira, doceira, feirante, diretora de escola, quitandeira, vereadora e dona de restaurante. É mole?!

Ah, sim, porque estou contando isso? Porque cada dia mais eu acho que a vida é dividida em dois grupos:  gente que faz a vida, e gente que apenas vê a vida passar.




25 de jun de 2013

Bole-Bole

Dias Gomes deve estar com a TV ligada no caixão!
Tudo para ver a estreia da refilmagem de seu clássico, Saramandaia.
A primeira versão, simplesmente inesquecível. Esta segunda, uma aposta de peso da Globo, onde não foram poupados recursos. 
Com atores de primeira linha, direção caprichada e muitos efeitos especiais, a nova novela das onze promete!
Euzinha, noveleira assumida, já estou sentada na frente da TV!



Dinheiro extra



Agora que o marido não é mais presidente, Carla Bruni tem que trabalhar dobrado.
Além de lançar seu novo CD, la Bruni foi  convidada, e aceitou na hora, o cargo de garota-propaganda da joalheria Bvlgari.
As fotos da campanha foram feitas em Roma, em grande estilo, à altura da ex Primeira dama.